19 de março de 2009

.tentando entender


É, tem coisas que eu tento entender, mas as respostas nunca são do jeito que queria que fossem. As pessoas me decepcionam muito, tem gente que fala demais, e por pura ingenuidade eu acredito e me magoo depois. É sempre assim, sofro de um problema sério: me deixo levar muito fácil pelas coisas que me falam, muitas vezes me iludo, com motivos ou não, conhecendo a pessoa há anos, ou não, fato! Sempre acontece! Eu prometi a mim mesma tentar não me apegar a mais ninguém, pq sempre que acontece isso, a pessoa me deixa, me fala coisas que me ferem, que me deixam triste, mal, que me faz sentir infeliz por um tempo... Com o tempo passa e eu consigo ser indiferente à tristeza de relembrar, porém, não esqueço jamais das coisas ruins que me fazem. Eu sempre falo: é mal de sígno! Piscianos tem essa capacidade de amar demais, de se entregar, de viajar pra 1001 lugares sem ao menos sair de onde esta e esse jeito sonhador demais atrapalha o dia-a-dia e a convivência com as pessoas, não todas, mas principalmente as do sexo oposto (rs)! Sempre fico desse jeito quando sofro por alguém que é "da raça do pecado", tenho longos dias de crises filosóficas... O meu orgulho não me deixa, muitas vezes, voltar a falar normalmente com a pessoa que me feriu de algum modo, posso conversar, mas não vai ser a mesma coisa, pq afinal, o "encanto" que havia antes foi quebrado de uma forma inesperada - é pior quando acontece coisas do tipo, no dia do seu aniversário de 18 anos, por exemplo - e volta tudo a estaca zero, quando vejo, continuo sem ninguém (não que isso seja o primordial, mas faz falta neh? fazer o que... u.ú) e sem algo de interessante pra contar e desabafar com alguém.

Mais uma coisa¹ que eu resolvi fazer para o meu bem: digamos que eu tenha "repetido a figurinha" mais uma vez na segunda-feira passada, mas preferi, por uma questão de paz mental, não contar a ninguém, exceto pra pessoa que mais tem estado comigo últimamente, minha dupla! Não contei pra mais ninguém, deixei apenas subentendido, e as vezes é bom se "fechar" um pouco, neh? Assim ninguém fica dando opiniões alheias e indesejáveis, afinal, meu ouvido não é pinico, fato!

Tem outra coisa² também: dizem por ai que o amor e a tal "pessoa certa" aparecem com o tempo, não é? Então, decidi que não vou mais ficar procurando... Olhar um ou outro ser da "raça do pecado" na rua de vez em quando não faz mal pra ninguém, mas nada de muita euforia.

Tentando ser indiferente pra esse tipo de coisa que eu desabafei aqui, afinal, tenho coisas muito mais importantes com o que me preocupar: meu futuro! Agora, se meu futuro inclui alguém, bom, isso só o tempo mesmo pode dizer, enquanto isso, eu tento entender as situações que são colocadas à minha frente, junto, é claro, com esses obstáculos medonhos - que um dia vão parar de me perceguir!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails