13 de junho de 2009

.pq é tão complicado gostar?

Como alguns outros, você passou pela minha vida. Logo da primeira vez que te vi, senti uma coisa boa em mim, e sabia que ali, naquela noite, eu estaria com você. Ah, o começo *-* sim sim, bom como todos os começos devem ser. A expectativa de ver uma mensagem sua no meu celular logo de manhã, era tão grande que eu não via a hora de amanhecer pra poder ler o que você havia escrito. Quando nos encontramos novamente, dessa vez só nós dois, foi como se não houvesse mais ninguém por perto. Me senti bem ao seu lado, alegre, ri muito com as nossas conversas, como se você fosse a única razão de eu existir naquele momento. O seu rosto, seus lábios. Os abraços? Sim, os abraços. Tão gostosos, fortes, seguros, corpo com corpo (que que corpo!!!). Os beijos? Ah, os beijos... quentes, demorados, tensos. No fundo, no fundo, eu acreditei, apesar de pouco tempo, que dessa vez eu havia encontrado a pessoa ideal. Mas como eu disse: ideal. Para algumas coisas, o ideal existe apenas na nossa mente. Todos tem defeitos e você não poderia ser diferente. Mas eu achei sim, eu achei que daríamos certo. Estávamos curtindo tanto estar juntos, era recíproco. Mas eu não sei o que aconteceu, não entendo o que eu possa ter feito de errado pra que você quisesse se afastar de mim. Isso me deixou muito triste e brava! Se ao menos você tivesse me falado antes, mas não... 2 semanas se passaram e eu continuei mandando mensagens, me preocupando com você, correndo atrás e pra que? Pra você tirar seu corpo fora antes que fosse mais tarde ainda. Até agora não entendi o que aconteceu, nossa conversa não foi muito convincente. Você me pediu um tempo, mas... não sei como funciona essa coisa de tempo, pra mim é o maior caô do mundo! Porquê? Você quis se afastar de mim por estar numa fase ruim de verdade ou porque você estava sentindo que eu estava gostando mais de você do que você de mim? Era isso que eu queria entender, só isso! Eu achei que ficaria mais triste e brava do que eu realmente fiquei, mas não posso dizer que não sinto nem um pouco a sua falta, pois seria uma mentira deslavada! Já pensei em muitas vezes mandar mensagens dizendo que sinto sua falta, mas não vou fazer isso, apesar da vontade ser grande. O meu orgulho fala mais alto as vezes do que a vontade do meu coração. Sei que eu vou te ver de novo. Fiquei feliz de saber que iss vai acontecer daqui a uns dias, confesso.
É por essas e outras, que eu NÃO GOSTO de me apegar às pessoas, qualquer um, pois no fim, a pessoa sempre me deixa quando eu mais preciso, vai embora ou faz algo que me magoa. Esse tipo de coisa deixa o coração acabado, com medo de se envolver de novo, de confiar, de se entregar. São sentimentos difíceis de lidar, mas que me fortalece sempre. São fatos que servem de lição. Isso não quer dizer que nada disso vai acontecer de novo comigo, e sim que da próxima, meu coração já esta avisado. É difícil gostar de alguém...

2 comentários:

Beatriz Martins disse...

Aaah, as histórias de amor, elas nunca, nunca mesmo tem um final feliz. Esse negócio de contos de fata, princípes encantados e cavalo branco são muito legaais, mas por que, me diz por que eles não acontecem na vida real??!! Isso me deprime... haha
Mas enfim bêu abôr, ta tudo mto lindo por aqui (:

Eu amo vooc (L)

xoxo :*

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Poooxa que texto.! T_T

Incrível a forma como expressa uma fase e um sentimento tão intensos.! Rsrs'

Parabéns!

"..Esse tipo de coisa deixa o coração acabado, com medo de se envolver de novo, de confiar, de se entregar..." <~ Disse nada mais, nada menos do que TUDO!

- - - - -

Em resposta ao seu coment em meu blog...

É.. o ser humano é um ser incrível mesmo.. estou à 17 anos tentando enterdê-lo e entender-me.! Rsrs' Confesso que a missão é difícil.! ;D

Obrigado pela visita e volte quando quiser!

;*

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails