28 de novembro de 2009

Uma carta I

Não tem como não me lembrar de você. Eu sinto raiva por tudo que um dia você me fez passar, mas relendo as minhas agendas velhas, reparei que depois que eu te conheci, seu nome foi escrito em todas as páginas e o que eu sentia (e ainda sinto, de algum modo) por você era bem maior do que qualquer mágoa. Você me fazia rir com seu jeito, me fazia derreter inteira com um simples elogio. Mesmo com todos os seus defeitos, eu te amei.
Queria poder voltar no tempo pra te ter comigo e poder te dizer tudo que eu não tive coragem pra falar. Queria receber mensagens suas pela manhã me desejando um bom dia, queria você no telefone me acordando, dizendo que gosta da minha companhia, ou um simples telefonema tarde da noite pra me colocar pra dormir. Mas quando eu lembro que já fazem 3 anos que eu não tenho mais isso, eu enlouqueço.
Minha vontade é de ir atrás de você e te perguntar se depois de todo esse tempo sem nos falar-mos ainda existe alguma chance para nós dois, mas eu tenho medo da sua reação, por isso ainda não tive coragem de fazer isso.
Ah, e só pra você saber, eu estou bem... Mudei bastante desde a última vez em que nos vimos, aconteceram várias coisas, consegui até um estágio no Fórum... mas já até saí de lá, fiquei esse ano sem trabalhar mas agora estou quase conseguindo um novo trabalho. Também fui em muitos shows, conheci muita gente e fiz amigos novos. Gostei de vários meninos, passei por poucas e boas na escola, mas já terminei o colégio e agora faço cursinho, mas também já estou na reta final... Ah! Me decidi por Nutrição, lembra que eu te falava que ia fazer isso? Pois é... :) Bom, só gostaria que eu ainda fizesse parte da sua vida, pra você compartilhar seus bons momentos comigo, e eu compartilhar os meus momentos com você, mas tudo bem.
Eu ainda não te esqueci, e eu tenho certeza que você também não me esqueceu. Pode não se lembrar de mim com muita frequência, mas eu sei que você se lembra... as vezes.

Voltarei a escrever.
Eu te amo.
Ass: sua eterna maninha.

3 comentários:

Fe disse...

"Eu ainda não te esqueci, e eu tenho certeza que você também não me esqueceu. Pode não se lembrar de mim com muita frequência, mas eu sei que você se lembra... as vezes."

Me identifiquei demais com esse texto. *---*
Tá bem lindo. bjobjo.

Joy disse...

Oie!! Tem selinho pra ti!
Prometo voltar logo mais pra comentar de verdade. Desculpe minha ausência!


bjo

Joy disse...

"assim" como? Eu não fiz nada!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails