23 de fevereiro de 2010

Um bonito pesadelo.


Eu não sei se gosto da ideia de que as pessoas mudam, mas já que acontece, só me resta aprender a conviver com isso. O tempo passa, amigos vem e vão, e posso contar nos dedos os amigos verdadeiros, já pessoas que provavelmente não me querem bem, até perdi de vista. É ruim se sentir sozinha mesmo no meio de um monte de gente. Não sei o que aconteceu, algo deve ter se perdido nos últimos anos. A amizade era uma coisa fácil de entender, era simples, era verdadeira, era uma coisa única mas infelizmente, pessoas se encantam com dinheiro e com a popularidade e se esquecem de quem foram um dia, falam mal de quem um dia já estendeu a mão pra ajudar dizendo ser de "outro nível". E ai eu me pergunto: que merda nível você esta falando? Pelo que eu saiba ninguém é diferente de ninguém. Todo mundo tem suas necessidades, todo mundo vai no banheiro, todo mundo faz a mesma coisa e todo mundo vai pra debaixo da terra sem levar absolutamente NADA! Tem gente que esquece que caixão não tem gaveta. Isso realmente me deixa muito triste, me revolta. Apesar de tudo, ainda quero preservar as risadas, os momentos bons, os segredos, as besteiras, os passeios, as fotos e é em nome disso que eu falo mais: simplesmente, certas coisas não precisam ser ditas, mesmo que faça mal guardar (caso estiver fazendo mal, desabafe com a sua mãe, é uma das poucas, se não a única pessoa que vai te escutar com atenção e te apoiar!), mas as vezes é melhor viver um bonito pesadelo e poder consultar as memórias do que perder o sono de vez.

21 de fevereiro de 2010

Se me ponho a cismar...


...em outras eras
Em que ri e cantei, em que era querida,
Parece-me que foi noutras esferas,
Parece-me que foi numa outra vida...
E a minha triste boca dolorida,
Que dantes tinha o rir das primaveras,
Esbate as linhas graves e severas
E cai num abandono de esquecida!
E fico, pensativa, olhando o vago...
Toma a brandura plácida dum lago
O meu rosto de monja de marfim...
E as lágrimas que choro, branca e calma,
Ninguém as vê brotar dentro da alma!
Ninguém as vê cair dentro de mim!

-
É, é bem por ai mesmo...

18 de fevereiro de 2010

Chorar...


...por tudo que se perdeu, por tudo que apenas ameaçou e não chegou a ser, pelo que perdi de mim, pelo ontem morto, pelo hoje sujo, pelo amanhã que não existe, pelo muito que amei e não me amaram, pelo que tentei ser correto e não foram comigo. Meu coração sangra com uma dor que não consigo comunicar a ninguém, recuso todos os toques e ignoro todas tentativas de aproximação. Tenho vergonha de gritar que esta dor é só minha, de pedir que me deixem em paz e só com ela, como um cão com seu osso. A única magia que existe é estarmos vivos e não entendermos nada disso. A única magia que existe é a nossa incompreensão.
(Caio Fernando Abreu)

17 de fevereiro de 2010

Voltei

Voltei da praia Segunda a noite. Estava bom lá, um super calor dos infernos... Não sou muito fã disso, mas... deu pra aproveitar. É bom ver o mar, não pensar e nem lembrar de nada. Me sinto leve e de cabeça limpa pra começar tudo de novo.
E vocês? Aproveitaram bem o carnaval? (6) hihihi. Espero que sim ^^.

Bom restinho de semana :)
:*

12 de fevereiro de 2010

Estou indo mas volto logo.


Pra mim, não tem coisa melhor do que depois de um ano cheio de acontecimentos pesados, ir pra praia e dar um mergulho no mar pra lavar o corpo e entregar os pensamentos as ondas. É muuuito bom sentir a brisa no rosto e ficar sentada na areia em um fim de tarde...Estou mais do que nunca precisando disso. Preciso relaxar, colocar minhas ideias no lugar e me organizar, afinal, querendo ou não, ainda estamos só no começo do ano, hehe.
Estou descendo pra praia por esses dias, acredito que volto na Segunda, não sei ao certo mas é por ai.
Aproveitem o Carnaval, pulem bastante e o mais importante: se cuidem, por favor! ohauioahoiuh.


Beijocas amores ;*

11 de fevereiro de 2010

"Não sei...


...até hoje não sei se o príncipe era um deles. Eu não podia saber, ele não falava. E, depois, ele não veio mais. Eu dava um cavalo branco para ele, uma espada, dava um castelo e bruxas para ele matar, dava todas essas coisas e mais as que ele pedisse, fazia com a areia, com o sal, com as folhas dos coqueiros, com as cascas dos cocos, até com a minha carne eu construía um cavalo branco para aquele príncipe. Mas ele não queria, acho que ele não queria, e eu não tive tempo de dizer que quando a gente precisa que alguém fique a gente constrói qualquer coisa, até um castelo.”

Caio Fernando Abreu

8 de fevereiro de 2010

Não me conquiste se sua intenção não for me amar.


É tão irritante ficar aqui pensando em você sem ser recíproco! E você nem se importa com nada do que eu digo. Eu entendo que você tenha seus sonhos e seus objetivos mas isso não te impede em nenhum momento de ter alguém, de ficar ao lado de alguém e de deixar que esse alguém se aproxime mais de você. Tudo isso porque? Medo? Medo do que? De quebrar a cara de novo? Pois sinto lhe informar meu caro, que não vai ser nem a primeira e muito menos a última vez que isso vai acontecer com você, é preciso correr riscos quando se quer viver grandes emoções. Emoções do tipo amar!
Talvez esse seja o meu maior problema quando o assunto é meu pobre coração: demonstrar rápido demais o que eu sinto. Mas fazer o que, né? Eu gosto assim, gosto de ser intensa. Quando estou com alguém é pra valer e odeio quando não me correspondem na mesma intensidade. É o fim do mundo pra mim. Me revolto com isso... com essas injustiças amorosas. "Isso só assusta os meninos que têm medo de se entregar e de gostar de alguém de verdade". Por onde andam os garotos que querem amar e se entregar? Perdidos ou...no mínimo, com as garotas erradas! "O problema é que ficar com alguém sem ter o interesse futuro de se apegar, de construir alguma coisa é muito complicado, alguém sempre acaba se machucando. O maior erro de um homem é conquistar uma mulher sem ter a intenção de amá-la".

Me odeio as vezes por fantasiar demais; sempre me dou mal por viver no meu mundinho utópico onde tudo caminha as mil maravilhas, ai quando as coisas apertam e eu vejo que não é nada perfeito do jeito que eu achava que era, eu surto e não tenho noção de como lidar com os meus sentimentos bagunçados. É difícil gostar de alguém, ainda mais nessa maldita fase onde uma gota se transforma em um oceano.

As vezes, algumas coisas parecem mais bonitas de longe...
_____________
P.s: algumas frases desse texto foram ditas pela minha amiga Carol M, do Blog A Vida Aleatória. Me ajudou muito e achei importante colocar :)

7 de fevereiro de 2010

.

Não subestime os outros, nem os idolatre demais. Seja educada, mas não certinha. Não minta, nem conte toda a verdade. Dance sozinha quando ninguém estiver olhando. Divirta-se enquanto seu lobo não vem.
(Martha Medeiros)

5 de fevereiro de 2010

Amado.


Amado
Vanessa da Mata

Como pode ser gostar de alguém/ E esse tal alguém não ser seu/ Fico desejando nós gastando o mar/ Pôr-do-sol, postal, mais ninguém/ Peço tanto a Deus/ Para lhe esquecer/ Mas só de pedir me lembro/ Minha linda flor/ Meu jasmim será/ Meus melhores beijos serão seus/ Sinto que você é ligado a mim/ Sempre que estou indo, volto atrás/ Estou entregue a ponto de estar sempre só/ Esperando um sim ou nunca mais/ É tanta graça lá fora passa/ O tempo sem você/ Mas pode sim/ Ser sim amado e tudo acontecer/ Sinto absoluto o dom de existir/ Não há solidão, nem pena/ Nessa doação, milagres do amor/ Sinto uma extensão divina/ É tanta graça lá fora passa/ O tempo sem você/ Mas pode sim/ Ser sim amado e tudo acontecer/ Quero dançar com você/ Dançar com você/ Quero dançar com você/ Dançar com você.

3 de fevereiro de 2010

Tudo novo, de novo!


No meu último post sitei o meu trabalho e falei também que eu deveria parar de drama, certo? Mas como boa pisciana que sou, acabei jogando tudo pro alto em busca da minha sanidade mental. Pedi pra sair. Isso mesmo. Estava me fazendo muito mal aquele lugar; não me sentia a vontade pra falar com as pessoas lá dentro e não estava de acordo com muita coisa que acontece lá. Muita coisa errada, tudo muito dentro de um sistema que não deve existir em nenhum outro lugar, até porque, um ser daquele jeito, só existe um, para a felicidade geral da humanidade!

Não era legal conviver em meio a mentiras, manipulações e especulações. Essas coisas, com o passar do tempo vão cansando a gente, faz um mal danado ao ponto de tirar o sono e deixar o coração parecendo uma britadeira e era assim que eu estava me sentindo.

Tenho plena consciência de que TODO trabalho tem cobranças, dificuldades, broncas, dias bons e ruins independente de ter um chefe são ou um psicótico, mas conviver com uma energia tão ruim assim não vale a pena. Fico triste por estar em casa novamente, é chato, não tem nada pra fazer e voltei a me sentir sozinha. Mais sozinha do que eu realmente mereço.

Agora eu preciso começar tudo de novo. Só vou descobrir se valeu a pena tudo o que eu fiz quando eu arranjar outra coisa pra fazer. Por enquanto não sei. Só sei que eu estou tranquila e com a minha energia mais leve. Vai dar tudo certo [?], o ano esta só começando!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails