18 de fevereiro de 2010

Chorar...


...por tudo que se perdeu, por tudo que apenas ameaçou e não chegou a ser, pelo que perdi de mim, pelo ontem morto, pelo hoje sujo, pelo amanhã que não existe, pelo muito que amei e não me amaram, pelo que tentei ser correto e não foram comigo. Meu coração sangra com uma dor que não consigo comunicar a ninguém, recuso todos os toques e ignoro todas tentativas de aproximação. Tenho vergonha de gritar que esta dor é só minha, de pedir que me deixem em paz e só com ela, como um cão com seu osso. A única magia que existe é estarmos vivos e não entendermos nada disso. A única magia que existe é a nossa incompreensão.
(Caio Fernando Abreu)

7 comentários:

Fe disse...

Lindo o texto. E perfeito para uma chorona, como eu.

bjaoO ;*

Joy disse...

A frase final e seu impacto!
Amei o texto... tem muita verdade nessa forma de pensar!

beijos

Vou Ser Feliz e Já Volto disse...

Oi Máh, vim fazer uma visitinha ao seu blog. Tá lindo...

Os contos de Caio são sempre carregados de emoções bem profundas, fortes, que dóem, que sangram. Todos nós, vez ou outra, já passamos por isso, mas são momentos e a dor faz parte do processo. Sempre surge um novo sol, um novo dia, e o coração dilacerado, em ruínas, volta a sorrir. Assim é o ciclo da vida, assim é o amor. E tudo isso é sim, mágico e incompreensível. É o que nos move.

Um abraço amiga, e obrigada pelas visitas ao meu blog. Vai rir de mim, estive aqui dias atrás e não encontrei o campo de comentários. ahahah, só eu mesma...

Bom fds!

disse...

Simplesmente divino.

Beijokas e bom findi.

Mayana Carvalho disse...

Um texto repleto de verdades. amuito lindo mesmo.

Carol Fonseca disse...

ameei o blog,vou passar por aki sempre que der,beijos!

pequena disse...

Flor que saudades de vc e do blog!
bjocas e boa semana pra vc!

xerim no coração!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails