29 de abril de 2010

Pensando

-

Mais mudanças acontecendo. Comecei de novo, mas dessa vez, em um lugar nem um pouco chique, nenhum escritório em uma avenida movimentada e com técnicos de T.I bonitinhos... Pelo contrário, agora é em uma loja no centro da cidade, no meio do povão, barulho de ônibus, música alta da loja de sapatos da frente, MAS, pelo menos, dessa vez não tenho meu ramal tocando a cada 15 minutos, nem computador o dia todo, e sem planilhas a serem preenchidas, e o melhor, sem reuniões de duas horas com um chefe insuportável. Tenho alguma liberdade. As donas do local não pegam no pé, mas ficam sempre atentas para aconselhar e conversar com os funcionários. Elas sim, tem consiencia de que somos seres humanos e que todo mundo erra, por isso não gostam de dar bronca, mas um puchãozinho de orelha é sempre bem vindo.
Não é o trabalho dos sonhos... É cansativo, prende muito, mas no meu caso, pode vir a ser uma boa oportunidade de crescer como pessoa. É uma boa experiência, pois vou poder exercitar o meu lado mais "social", conversando mais, me expondo mais, enfim, melhorando uma série de coisas.
Pensei muitas vezes em desistir, mas não estou lá nem há 20 dias. E outra, vou ficar desistindo das coisas assim até quando? Não tem como! Por mais vontade que eu sinta um dia de largar tudo e voltar para a minha bolha utópica onde tudo é perfeito eu não posso fazer isso, não tem como ir contra a lei da vida, que ao meu ver, é a mudança!
Mudamos, ué! Mudamos e pronto! O difícil é aceitar que os anos passam... Que a escola já acabou e o cursinho também. É difícil aceitar que já não vejo mais meus amigos todos os dias, e nem que eu posso ficar na internet o dia inteiro fazendo nada! Mas mudar é preciso, enfrentar coisas novas todos os dias é importante. Desafios deixam a vida mais emocionante. Se não tenho desafios e nem coisas novas, o meu dia fica chato. Demorei pra perceber isso.
Nessa nova... fase, vou ter que abrir mão de algumas coisas, por exemplo, os meus Sábados! Ou então, aquele passeio com alguma amiga durante a tarde no shopping. Isso, daqui pra frente, vai ser cada vez mais raro, mas eu acredito que seja por uma boa causa (ou, pelo menos estou tentando acreditar). Ainda me sinto insegura, com vontade de me enfiar em um buraco e não sair mais, mas preciso acompanhar o tempo, se não fica difícil. Imaginem: um corpo de 60 com uma mente de 19 daqui há alguns anos, hahaha, fica no mínimo engraçado!
Estou com medo, preocupada, meio tensa, mas... Vamos lá, né? Um dia após outro... As recompensas vem com o tempo! (Será?).

2 comentários:

Bruna Bianconi disse...

Essa experiência vai ser valiosa enquanto te fizer bem, aproveite e muito tudo o que a vida te oferecer.

Beijos

Joy disse...

Tem selo pra ti! espero que goste.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails