22 de maio de 2011

Sinta

-
Salmos, 23
A felicidade de termos o Senhor como nosso pastor

1 O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará. 2 Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas. 3 Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. 4 Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estas comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. 5 Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda. 6 Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida, e habitarei na casa do Senhor por longos dias. 
-


8 de maio de 2011

"Atravessar o deserto...

-
...e depois de tudo ainda crer na promessa." (Resgate - Depois de Tudo) 

Por esses dias, fiquei muito tensa e triste, pensando na "minha vida acadêmica" e pensando também com relação a trabalho. Refletir sobre isso muitas vezes me consome, me desanima, me deixa triste, deixo de curtir os momentos maravilhosos que Deus me dá com as pessoas que eu amo e me entrego.
Fico com medo de não conseguir realizar nada, de não conseguir me tornar nada com relação a este ramo da minha vida. Mas também, bem feito pra mim porque quem mandou eu não pensar sobre isso antes, né? Que bela lição Deus me deu...
Enquanto estava angustiada em uma dessas noites, chorando e abrindo meu coração pra Deus, simplesmente abri minha Bíblia, sem escolher nenhuma parte dela, e veio uma palavra que não poderia ter se encaixado melhor: "7 Descansa no Senhor, e espera nele; não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos. 8 Deixa a ira, e abandona o furor; não te indignes para fazer o mal. 9 Porque os malfeitores serão desarraigados, mas aqueles que esperam no Senhor herdarão a terra." (Salmos, 37)
Quando eu li essa palavra, me acalmei. Entreguei os meus medos e angústias e descansei nos braços do meu Senhor, porque eu sei que eu estou atravessando um deserto tremendo, mas eu também sei quem esta do meu lado, me guiando pelas mãos. Também sei que não devo simplesmente me acomodar e esperar as bençãos cairem dos céus. Deus faz, mas Ele também espera uma ação minha.
Mesmo com todas essas dúvidas, com todos os meus medos, com todos os meus receios, eu não vou deixar de acreditar nas promessas que Ele tem pra minha vida, que são bem maiores que tudo isso que eu estou vivendo e sentindo. Ele conhece o meu coração, sabe dos meus pensamentos e desejos. Ele me criou, conseqüentemente sabe o que é melhor para mim.

-

...Never panic, just pray! 

3 de maio de 2011

Você pode ir embora...

-

...e nunca mais ser a mesma. Você pode voltar e nada ser como antes. Você pode até ficar, pra que nada mude, mas aí é você que não vai se conformar com issoVocê pode sofrer por perder alguém. Você pode até lembrar com carinho ou orgulho de algum momento importante na sua vida: formatura, casamento, aprovação no vestibular ou a festa mais linda que já tenha ido, mas o que vai te fazer falta mesmo, o que vai doer bem fundo, é a saudade dos momentos simples: da sua mãe te chamando pra acordar, do seu pai te levando pela mão, dos desenhos animados com seu irmão, do caminho pra casa com os amigos e a diversão natural. Do cheiro que você sentia naquele abraço, da hora certinha em que ele sempre aparecia pra te ver, e como ele te olhava com aquela cara de coitado pra te derreter. De qualquer forma, não esqueça das seguintes verdades: não faça nada que não te deixe em paz consigo mesma, cuidado com o que anda desabafando, conte até três (tá certo, se precisar, conte mais), antes só do que muito acompanhado, esperar não significa inércia, muito menos desinteresse, renunciar não quer dizer que não ame, abrir mão não quer dizer que não queira, o tempo ensina, mas não cura.


[MarthaMedeiros]

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails